quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Estou grávida de 4 semanas

Olá,

Ao fim de mais de 1 ano, resolvi vir actualizar o meu blogue. Soube no passado dia 14-09-2009 que estava grávida e ao mesmo tempo tenho um lindo e saudável filhote de 15 meses.

Que alegria maior pode uma mãe querer....

Em breve darei novidades.

Andmei

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

O nascimento e o meu bebe com 3 meses e meio

Boa noite,

Já não vinha actualizar este blog desde o nacimento do meu bebe - Tiago. Nasceu em finais de Agosto e nasceu um bebe lindo pequenino com 47 cm e 2700 Kg, mas cheio de energia. Ainda o pai estava a apertar a mascara na sala de operações já o médico dizia: "vamos papa prepare para gravar o nascimento do Tiago"! E o meu marido nem tempo teve para ter medo de tanto sangue :-)))))

Foi um dos dias mais felizes da minha vida, mas também mais assustadores, pois estive 3 noites sem conseguir dormir, olhava 24 horas para o bebe a ver se ele respirava, foi um medo constante e um pânico de não saber tratar dele, mas tudo passou quando cheguei a casa e agora estou uma perita!

O meu bebe é LINDO DE MORRER, é um autêntico boneco... a cesariana não custou nadinha nem a recuperação, apenas fiquei com hemorroides que só passaram ao fim de 3 meses, mas de resto correu tudo lindamente.

Estamos quase no Natal e o meu bebe faz 4 meses no dia 29-12-2008. Vai ser um Natal com muita felicidade por ter o meu filho connosco, mas muita tristeza porque vai faltar 1 pessoa muito importante entre nós e que fazia 62 anos no dia 25-12-2008 se fosse viva, o meu querido pai. Que alegria que seria para ele ver o neto crescer e brincar com ele nesta fase! Mas a vida é assim...

Muito obrigada a todas as pessoas que me enviaram msg, este será um cantinho que irei recordar, pois comecei a escrever quando iniciei os meus ttt.

Venho me despedir pois criei esta página como sendo um pequeno diário da minha gravidez e um dia mostrar ao meu filhote e para dar muita esperança a todas as mulheres que estão em tratamentos, p.f. nunca desistam do vosso sonho de ser mãe, eu não desisti e sou MÃE de um lindo menino TIAGO.

Muito obrigada a todas as pessoas que me apoiaram, desejo um feliz Natal 2008.

Não considero um adeus definitivo deste blog, mas um até daqui a uns tempos, quem sabe quando tentar o 2º filhote virei aqui actualizar a minha historia. Entretanto continuarem na API como Andmei.

Acabo aqui uma página da minha vida....

Beijinhos a todas

Andmei

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

A 17 dias de ser mama do Tiago, e meu testemunho do forum da API, que sempre me acolheu com tanto carinho


Olá amigas,


Não quis deixar de vir a este cantinho que me acolheu tão bem e que partilhou comigo durante 2 anos o meu problema de infertilidade, pois anteriormente estava no forum do pinkblue. Se Deus quiser daqui a 17 dias precisamente vou ser mama, depois de 6 anos de infertilidade feminina e masculina e de uma gravidez com bastantes complicações. O meu problema começou com 13 anos, hoje tenho 30 anos. Foi-me detectado SOP (ovário poliquisticos) e problemas com pelos e hormonais associados ao SOP, periodos irregulares, e um médico que me asustou a dizer nessa altura que se não me tratasse seria dificil engravidar, mas dizer isso a uma menina de 13 anos... é complicado! Passaram mais 11 anos, e começaram com 24 anos as hemorragias constantes com coágulos, ao ponto de ir para o hospital dia sim dia não e usar fraldas, tantas eram as hemorragias. Até que, fui a um médico que me detectou que tinha um fibromioma de 7,8 cm, sim cm e não mm, era do tamanho de 1 laranja e estava a provocar-me essas hemorragias. Foi nessa altura que entrei no IPO com prognóstico de puder ser benigno ou maligo. Fui operada em 3 semanas, fiz uma miomectomia de barriga aberta e assinei uma declaração a autorizar a retirada do meu utero caso fosse maligno. Foi dos piores momentos da minha vida. Mal acordei da cirurgia, vi o meu paizinho (que hoje é o meu anjo da guarda) a rir para mim no corredor do hospital com´as lágrimas nos olhos e a dizer: "Filha está tudo bem, o médico disse-me que vais puder ser mãe um dia". Eu ainda vinha meia drogada da sala da operações, depois de 2:45 de operação. Hoje esta frase tem um significado muito grande para mim, não só porque irei ser mãe daqui a 17 dias mas porque foi o meu pai que ma disse, e que infelizmente já está no ceu vitima de cancro à 1 ano e 3 meses. Quando sai do IPO disseram-me que tinha 1 ano e meio para engravidar, pois tinha tirado 1 mioma grande e vários miomas e polipos, e que certamente iriam crescer novamente. A recuperação foi dolorosa... mas correu bem depois de estar internada 5 dias com uma infecção que apanhei no bloco. Nessa altura o meu namorado (hoje meu marido), já tinhamos falado em casamento , e começamos a preparar tudo. Ele foi maravilhoso em todo o processo e sempre me disse que se tivesse que tirar o utero fora, ficavamos juntos na mesma... isso foi muito importante para mim! Casamos em Abril de 2004, e foi um dia maravilhoso. Queriamos logo ter filhos... mas o percurso não foi fácil. Ao fim de 6 meses, achamos que algo não estava bem, e fomos reencaminhados para a MJD no Porto. Lá estivemos 1 ano e meio, ainda fizemos todos os exames possiveis e imaginaveis e 1 IIU, mas tudo correu mal. Os meu ovários tinham entrado em falência e não trabalhavam, tinha que ser operada aos ovários. Estive 6 meses à espera que me chamassem na MJD mas perderam o meu processo.... Nesse dia jurei para mim mesmo, que depois de ter aturado a antipática da médica que me calhou e de toda a desorganização, que iria a uma clinica privada - COGE. Ganhei coragem e juntamos dinheiro. Foi ai que depois de mais um batalhão de exames meus, fizemos nova IIU mas deu negativo, tinha mesmo que ser operada aos ovários. E foi o que fiz, operaram aos ovários na tentativa de ver se eles trabalhavam e retirar todos os quistos - um bem haja ao Dr. Couceiro que me operou na altura. Mas, como a IIU deu pela 2ª vez negativa o marido começou a fazer uma série de exames, e foi um balde de água fria, 1% de espermatezoides normais... fiquei branca quando abri o envelope, mas não podia desistir nem deixar de o apoiar! Foi aí que após a operação os ovários começaram a trabalhar lentamente. Após esta cirurgia, tive uma das noticias mais horriveis da minha vida, tinha acabado de saber pelo médico do IPO que o meu pai tinha um hepatocarcinoma que não tinha cura, e que podia morrer. Fiquei revoltada com tudo, vida, com tudo! E cheguei a pedir para devolver a saude do meu pai em troca de eu não ter filhos, mas a vida não é assim como pensamos. Ainda cheguei a fazer a 1ª IIU com ele vivo, é ele sempre acreditou que podia dar certo e que se não fosse dessa vez ia conseguir na vez seguinte. Até que em Junho de 2007, o cancro foi mais forte que ele e conseguiu vencer o meu paizinho e este partiu para o ceu. Na altura que ele partiu estava já a tomar injecções para a 1ª ICSIS, e na altura quis abandonar o ttt, mas achei que devia faze-lo pelo meu pai, mas infelizmente deu negativo. Passados 3 meses, fui à clinica sem ninguém saber e pedi à Drª Eduarda que queria fazer uma nova ICSIS, e que algo me dizia que ia engravidar dessa vez... ela sorriu para mim e disse, muito bem vamos tentar novamente, mas primeiro, tem que fazer uma respagem ao utero para tirar os polipos que tem, assim foi. Iniciei as picas em Novembro 2007, e a 18 Dezembro fiz a TRF de 2 embriões por ICSIS, mas a TRF correu mal, e só à 2ª vez que é que os embriões lá ficaram. Ia fazer o beta no dia 31-12-2008, mas ao 9º dia não aguentei e fiz um teste de gravidez em casa, qual o meu espanto deu POSITIVO , nem queria acreditar, mas tive que esperar o dia 31-12-2008 para confirmar que o beta dava 86,50, e após falar com a médica desatei a chorar estava realmente grávida no ultimo dia do ano 2007, um dos piores anos da minha vida pois tinha perdido o meu pai mas no ultimo dia do ano tinha sabido que estava grávida. Andei bem durante 6 semanas de gravidez, só iria à médica à 8ª semana, até que sem nada prever, cheguei a casa 1 dia após o trabalho às 20:00, vou à casa banho e tinha imenso sangue vermelho vivo a sair e gritei pelo meu marido e disse, estou a perder o bebe. Liguei de imediato á Drª Eduarda, que por milagre nesse dia estava de urgência no Hospital de Gaia, e me disse, deve ser aborto, mas vamos ter calma, deite-se e ás 23:00 venha para as urgências que vou vê-la. Bem amigas, entre as 20:00 e as 23:00 pareceu 1 ano... só chorava eu para 1 lado e o meu marido embora não quisesse demonstrar também estava com os olhos todos molhados! Lá fomos para o hospital,e fui vista pela médica, não deixaram entrar o meu marido. Depois de ter sido vista a médica, sorriu e disse-me está tudo bem, vai aumentar a dose de progesterona para o dobro, pois tens aqui 2 lindos embriões, vai ter gemeos... eu não queria acreditar... eu que pensava que tinha abortado 1 bebe, e sai dali com gemeos. Mas a alegria durou pouco, passado 2 semanas quando fui fazer a eco, 1 dos embriões não tinha batimento cardiaco, apenas 1 embrião! Mas já tinha passado por tanto, que a Drª Eduarda foi espectacular e disse-me: "não fique triste, o importante é que 1 embrião está bem e a desenvolver bem". Fiquei de cama e repouso 1 mês e meio até às 14 semanas. Depois disso, foram uma série de problemas durante a gravidez: micoses na pernas, dores de garganta, intoxicação alimentar com direito a febre, diarreia e vomitos, dores no coxis ao ponto de não me conseguir mexer e uma constipação com direito a febre e já nem sei mais o quê.

Desculpem o testamento... mas era só para vos dizer que depois de tudo, estou grávida de 36 semanas, e com cesariana marcada para 29-08-2008, pois sempre acreditei que um dia iria conseguir ser mãe, e vou ser...

Queria só deixar este meu testemunho, e pedir a todas as meninas que estão a passar por ttt e desilusões, nunca desistam, pois por vezes o caminho é dificl e cheio de desilusões, mas se formos persistentes conseguimos ser um dia MÃE.

Um beijinho a todas, boas férias e muita coragem.
Andmei
12-08-2008

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

12 semanas de gravidez,a minha história continua



Boa tarde, fiz no passado Sábado 12 semanas de gravidez (10 de gestação). Tenho estado um pouco ausente, pois estou de baixa por gravidez de risco e encontro-me em repouso absoluto desde 18-01-2008 altura em que tive a confirmação de ter perdido um embrião de uma gravidez gemelar mas ao mesmo tempo ter sabido que o outro embrião ia bem, mas mesmo assim com muito cuidado para não abortar o 2º embrião. É um sentimento misto de alegria e tristeza.

Após esta data, tornei a ter um novo susto no passado dia 18-02-2008 com uma perda de sangue desta vez mais fraca e que passou logo no dia seguinte. Tem sido um gravidez complicada, cheia de medos e angustias, mas já passou o 1º trimestre.

Tenho dias que acordo com muita confiança e tenho outros dias que só me sinto em baixo e com vontade de chorar, lembro-me tanto do meu pai, e cada vez que vou abaixo só lhe peço ajuda para me dar coragem de enfrentar. Acho que só me acredito mesmo que estou grávida no dia em que o meu bebe nascer... é uma sensação estranha. Na proxima 4ª feira faço eco das 12 semanas, e estou uma vez mais cheia de medo, pois não sentimos o bebe e é uma aflição até ver aquela coisa linda a bater o coração quando fazemos a eco. Agora começam a aparecer os medos da deficiência do bebe, da Trissomia 21, de tudo... de facto a gravidez é uma fase excepcional mas eu devido a tudo que já passei para conseguir engravidar não consigo viver na sua plenitude e sem preocupações esta gravidez, pois só me vem à cabeça a infertilidade, o que sofri a fazer a miomectomia, tudo. Penso que será proprio da gravidez estas oscilações de humor e medo, afinal foram quase 5 anos a sonhar com esta gravidez.

No proximo dia 27 de Fevereiro dou noticias.

Bjs

Andreia

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Continuação da minha história

Bom dia,

Aqui estou eu a completar a minha história. Ainda não tinha vindo cá colocar a minha gravidez, pois estava tão insegura que apenas queria colocar aqui um post quando de facto fizesse a 1ª eco e me sentisse "completamente grávida".

Estou de 7 semanas, mas o destino quis que na passada 2ª feira (14-01-2008) entrasse nas urgências com perdas de sangue vermelho às 23:30, foi como se o mundo tivesse caido naquele instante... Cheguei a casa bem do trabalho por volta das 20:00 e quando vou à casa de banho limpo-me e vem o sangue. Entrei em pânico, e o meu primeiro sentimento, foi perdi o bebe. Chamei logo o meu marido e que embora não dissesse ficou com o mesmo medo. Lá consegui falar com a Drª Eduarda e fui para as urgências às 23:30, ia preparada para me dizer que estava a abortar, até levei pijama caso fosse necessário ser internada... Quando lá cheguei deu-me um ataque de choro, mesmo antes da médica me fazer a eco... estava em pânico e angustiada, só me lembro de ficar assim quando soube que o meu pai tinha cancro e que era incurável, sentimo-nos como se estivessemos numa sala cheia de gente a falar connosco e nós não ouvissemos nada.
A Drª Eduarda lá me fez a eco, e eu perguntei: "Drª abortei o meu bebe, não foi?" E ela referiu pelo que aqui vejo parece tudo normal, o tamanho e tudo, mas vejo aqui 2 saquinhos e até pordia arriscar dizer que um deles já se vê o coraçãozinho... Não aguentei, foi pior a emenda que o soneto, saber que estava grávida de gémeos e que tinha grandes probabilidade de estar a abortar ou puder abortar, eu que sempree tive o sonho de ter gémeos. Lá me deu dose de cavalo de Ultragestan e Zumenon e repouso absoluto 1 semana, e disse-me quero-a ver no próximo dia 21-01-2008, ou seja passado 1 semana. A Drª Eduarda veio comigo cá dora dar a noticia ao marido, de que para já estaria tudo normal e eram 2 e não 1. Estavamos tão nervosos que nem conseguimos ter aquela alegria plena de termos gémeos, pois o perigo de aborto ainda esstá eminente.

Lá se passou 1 semana angustiante, hoje é dia 21-01-2008 e é o dia de saber toda a verdade, tento me mentalizar para uma má noticia, mas ao mesmo tempo, tento me agarrar com todas as forças ao meu paizinho que está no ceu para me dar uma boa noticia. Estou em pânico, sei que até me torno chata em falar com os amigos e familia sempre do mesmo assunto, mas é mais forte do que eu...era um sonho que tinha quase á 5 anos de ser mãe, desde o dia da miomectomia no IPO. Lembro-me do meu paizinho me dizer no IPO que um dia ainda ia ser mãe....

Tento manter a calma, mas estas horas, entre as 11:31 e as 18:30 vão ser ainda mais angustiantes do que a semana toda que passei em casa em repouso abosluto.

Pergunto-me será que vou conseguir ser mãe, ou será que o sonho acabou........

Desculpem o desabafo.

Andmei


sábado, 29 de dezembro de 2007

Será que este positivo é mesmo positivo, será que vou concretizar o sonho de ser mãe?


Olá amigas.

Pois é a minha curiosidade, obrigou-me ontem a comprar um teste de gravidez, pois faço 12 dias da TRF amanhã domingo e não aguentava mais a espera. Uma vez que pensei que desse mesmo negativo o teste de gravidez da urina, qual o meu espanto, quando após 1 minuto, vejo uma linda risca vermelha a aparecer, e fiquei toda a tremer... e pensei não pode ser, como é que já dá positivo na urina, fiquei sem saber o que pensar. Fiquei logo com medo, pois sei que o Pregnil pode influenciar o resultado e por isso liguei à minha médica, que me disse, pode ser e pode não ser... se o teste se repetir positivo na 2ª feira, pode ser, e se o hbcg der também, vamos a aguardar para ver....
Como é possivel... e ainda fiquei mais baralhada! Pois da ultima ICSIS que fiz também fiz teste de urina e deu logo negativo... esta ansiedade até 2ª feira vai-me pôr doida! Além disso, agora vou andar sempre na casa de banho a ver se o sangue aparece, sim porque tenho umas colicas, e à 2 dias, deitei umas pingas de sangue escuro!
Será que o meu anjo (paizinho) me vai dar a alegria de ser mãe? Ou será este positivo é um falso alarme, e na 2ª feira tudo não irá passar de um sonho.
Um beijinho, e boas entradas. Apenas venho dar noticias no dia 02 de Janeiro, pois vou hoje para a Covilhã para passar o fim de ano... O meu maridão está doido de alegria , mas tanto eu como ele estamos a contar com o pior, torçam por mim.

Andmei

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Após 2 dias de transferência

Pois é... aqui estou estou eu a descansar, cama- sofá - cama e por vezes um bocadinho de pc :-), para descontrair.

Já passaram 2 dias, e pareceu uma eternidade, não gosto de estar parada, dá-me nervos e tenho que descansar o máximo, isto tira-me do sério... mas é por uma boa causa.

Estou sempre a pensar, será que ainda estão vivos, será que não, e se não estão porquê que estou aqui sem fazer nada :-)

Faço beta no dia 31-12-2007, mas até estou com medo de me estragar o fim de ano, pois este ano tem sido tão horrivel, que nem sei se irei faze beta só no 1ª dia do próximo ano, mas depois fico com medo na mesma ....

Até ao dia do Beta.

Andmei